ARROZ DOCE

tradicional, vegan, fácil e delicioso

 

Sobre esta receita

Este é o primeiro post dedicado ao Natal! E irão sair mais 2, com receitas especiais para esta altura. Sem peru, sem bacalhau, sem ovos. Mas absolutamente deliciosas! E vão ver que não precisam disso para nada para terem um Natal feliz e em paz.

Hoje vamos fazer arroz doce! Esta é uma receita tradicional e fácil que fica cremosa e deliciosa! 

Ingredientes

  • 1 chávena de arroz carolino
  • 2 chávenas de água
  • 1 L de leite de soja
  • 1 pau de canela (ou 2)
  • 2 cascas de limão
  • uma pitada de sal (opcional)
  • 1 chávena de açúcar mascavado
  • canela q.b.

Passo-a-passo

1

Coza o arroz na água.

2

Quando a água do arroz evaporar, deite sobre o arroz. O arroz é friorento e não gosta de choques térmicos. Vai ficar muito mais cremoso e feliz se lhe deitar o leite quente.

 Deixe cozinhar em lume brando até o arroz cozer, mexendo frequentemente.

3

Quando o arroz estiver cozido, junte o açúcar e envolva. Eu estou a usar açúcar porque é natal e são sobremesas. Sejamos honestos, não vai saber ao mesmo se usar outro adoçante e as sobremesas e o Natal são raros, portanto vamos deliciar-nos à séria!

4

Deixe cozinhar mais 2 a 5 mn em lume brando, mexendo frequentemente para não agarrar.

5

Retire para tacinhas ou para um prato bonito. No momento de servir decore com canela.

Veja Mais 

Guia básico para dar sabor à comida vegan – 10 temperos chave!

Guia básico para dar sabor à comida vegan – 10 temperos chave!

GUIA DO SABOR dez temperos essenciais da comida veganOs 10 temperos infalíveis da comida vegana OLEO DE SESAMO É um óleo com um sabor bastante forte que faz a diferença toda em legumes salteados, assados, numa sopa ou num molho. Há o simples e o tostado, que tem um...

AS 10 perguntas mais chatas que fazem a um vegan: respondidas!

AS 10 perguntas mais chatas que fazem a um vegan: respondidas!

RESPONDI A TODAS!1  Mas o que é que tu comes? Portanto, que eu saiba continuamos a comer comida. Milhões de coisas diferentes para comer para além de meia dúzia de bichos. É um admirável mundo novo! É que há tanta comida diferente para além do bitoque e do bacalhau...